Há tantas habilidades que os especialistas dizem que podem ajudá-lo a obter sucesso profissional, principalmente quando começamos a discutir sobre diferentes setores e áreas de atuação. Porém, em uma linha geral que vem sendo dita pela maioria dos experts em carreira e liderança é que a autoconsciência é aquela competência que tem mais capacidade de alavancar sua carreira.

A autoconsciência é uma das habilidades mais essenciais para qualquer profissional, independentemente do que você faz para viver. Porém, hoje não vamos falar sobre como o autoconhecimento te leva ao sucesso. E sim, vamos trazer a perspectiva de como a falta dele te conduza a uma grande chance de fracasso, paralização completa e/ou regressão na carreira.

[Autoconhecimento: 15 exercícios práticos para evoluir o seu]

1. Sem autoconsciência você não conhece suas forças

Quando você conhece a si mesmo, conhece seus pontos fortes. Como consequência, isso lhe dá uma melhor compreensão das qualidades únicas que você traz para suas interações com os outros e para o seu trabalho. Você pode se apoiar em seus pontos fortes durante os momentos difíceis para ajudá-lo e outros a superar.

Agora imagine que você não tem autoconhecimento sobre esses pontos. Como fará para aproveitar essas forças? Como fará para aprimorar o que já tem bem mapeado?

Ou seja: pense num ambiente corporativo. Muitas vezes a oportunidade está na sua frente, e a empresa precisa de um (a) gerente de vendas como você, com as características que tem. Mas, você nem sequer sabe disso e a oportunidade passa diante dos seus olhos, sem que faça nada.

Sabe quantas vezes já vimos isso acontecer? Inúmeras!!! Bastava utilizar as competências corretas e fazer a carreira avançar, entregando os resultados acordados.

2. Sem autoconsciência você nem sequer conhece seus fraquezas

Da mesma forma, é importante entender suas fraquezas para continuar a crescer profissionalmente. Isso é mais difícil do que parece no começo. Pode ser duro dar uma boa olhada no espelho. Mas o autoconhecimento pode ajudá-lo a identificar o que você precisa melhorar.

Para começar, você não pode consertar um problema até saber que o tem. Pegou? Sem essa base, você acaba ficando cego dos seus pontos de desenvolvimento, pois sequer o enxerga.

Como vai melhorar? Como vai encontrar o que falta para uma promoção? Como vai discutir possíveis caminhos profissionais?Ou seja, a chance de você sair do lugar é muito, muito pequena mesmo.

 

autoconsciência

3. Sem autoconhecimento você não compreende com as outras pessoas te veem

O autoconhecimento pode ajudar a melhorar sua carreira, pois facilita a compreensão de como os outros lhe enxergam no dia a dia profissional.  Isso é fundamental para o sucesso. É essencial estar ciente das percepções dos superiores, é claro, mas também é importante saber como você se sai quando está trabalhando em uma posição de liderança, além da visão dos colegas.

Se você não tem as competências para se conhecer, como aceitará os feedbacks dos seus gestores e gestoras? Como reagirá aos programas de desenvolvimento interno? Como receberá as avaliações de desempenho? Como pedirá feedback transparente?

[Os 15 melhores livros sobre autoconhecimento]

4. Sua liderança não evolui sem autoconsciência

Em um artigo da Forbes, um dos autores aborda o importante tópico de liderança e autoconsciência/autoconhecimento no contexto das organizações. Ele destaca um estudo que foi realizado em 2010 pela Green Peak Partners e pela Cornell’s School of Industrial and Labour Relations. Este estudo analisou 72 executivos e concluiu que o autoconhecimento bem desenvolvido (alto nível) geralmente se correlaciona com a obtenção de altos graus de sucesso como líder.

“Pesquisas de liderança dão pouca atenção à “autoconsciência”, que deve ser um critério importante. Curiosamente, uma alta pontuação de autoconsciência foi o mais forte preditor de sucesso global. Isso não é de todo surpreendente, já que os executivos que estão cientes de suas fraquezas geralmente têm mais condições de contratar subordinados com bom desempenho em categorias nas quais o líder não tem perspicácia. Esses líderes também são mais capazes de acreditar que alguém em sua equipe pode ter uma ideia ainda melhor do que a deles.”

Sabe quantos líderes em situação assim nós já vimos? Um monte. Durante algum tempo parece que nada vai acontecer, tudo flui normal. Até que de repente, sem aprimorar o autoconhecimento, esses profissionais são ultrapassados: pela empresa, pelo mercado, pela técnica, pelos pares, pelos liderados e de repente o mundo cai. Acha que é mentira? Faça uma leve reflexão e pense quantas vezes você viu isso acontecer nas empresas nas quais trabalhou?

5. Você não entende os outros sem autoconsciência

A autoconsciência ajuda muito a melhorar as habilidades das pessoas em geral. Sem isso, é mais provável que você entenda mal as situações e interprete mal as pessoas. Você aprende a entender as outras pessoas um pouco melhor quando você se torna mais forte em autoconhecimento.

Afinal, como você pode realmente ter uma compreensão madura de como é ser outra pessoa se não tiver uma boa compreensão de suas próprias experiências?

Pense quantos problemas de interpretação de email veem daí? Quantos equívocos de comunicação, de prazo, de tarefa, de entrega? Pois é. Volte lá para cima no texto e venha fazendo uma nova leitura dinâmica. Isso lhe ajudará a perceber a cascata de problemas que q falta de autoconsciência gera na sua carreira.

Fez?

Agora vamos seguindo em frente.

autoconsciência

6. Você sempre jogará a culpa nos outros se não for autoconsciente

Geralmente, é melhor se concentrar nas suas próprias ações do que nas dos outros, especialmente ao tentar resolver um problema. As pessoas com autoconsciência elevado começam examinando o que podem mudar, pessoalmente, para ter sucesso. Outros podem começar apontando um dedo para os outros.

A autoconsciência leva à auto-responsabilidade. E isso ajuda muito a apoiar comportamentos positivos e relacionamentos interpessoais positivos. As chances são de que o desenvolvimento de uma melhor autoconsciência também terá um impacto positivo em sua vida pessoal.

58% dos fatores de sucesso na vida profissional estão atrelados à Inteligência Emocional (isso inclui todos os campos da IE, incluindo autoconsciência). *University of Maryland

Sem autoconhecimento sua carreira não sai do lugar

Está convencido de que sem autoconsciência dificilmente o resto das suas competências dificilmente se destacarão ou ainda precisa de mais?

De acordo com Rob Pasick, um psicólogo organizacional da Universidade de Michigan e autor de “Self Aware: Um guia para o sucesso no trabalho e na vida”, um bom lugar para começar é prestar mais atenção aos outros.

“Uma ironia disso é que é difícil se tornar autoconsciente sozinho”, diz ele. “Ter autoconsciência vem de conversar com outras pessoas, obter feedback sobre como elas percebem você e como são suas vidas; estar fazendo perguntas sobre os outros, comparando-se com os outros, que é o modo como aprendemos. ”

Tudo isso com suavidade, pedindo feedbacks constantes, construindo relações saudáveis e olhando para nós mesmos após essas conversas.

Ou seja, autoconsciência está muito associado à humildade de ouvir o outro.

Em linhas gerais, quem não tem autoconhecimento, dificilmente sairá do lugar, pois não sabe nem por onde começar. E você, qual sua percepção individual sobre autoconsciência?

 

Fernando Pacheco

Mineiro, animado e bom leitor. Formado em Comunicação pela PUC-MG, MBA em Gestão de Pessoas, Graduado em Gestão de Recursos Humanos e Pós-graduado em Controladoria e Finanças. Diretor de Operações da Samba Tech e CEO da Penser.
Fechar Menu