Olá, tudo certo?

O título foi um pouco exagerado e vale também para quem está num emprego legal e não apenas num lugar horrível, ok? Bom, em dois posts recentes falamos sobre positividade (inteligência emocional) e planejamento de carreira, pontos que podem te levar até aquele emprego dos sonhos. Aquele mesmo, que você comenta com amigos, com o (a) namorado (a), família, psicólogo, coaching…

Algumas vezes, quem está em busca do emprego ideal e trabalha em algum outro lugar no momento atual costuma reclamar, achar o chefe incompetente, não gostar das políticas da empresa, achar tudo ruim, sentir-se desmotivado…certo? Quantas vezes você viu isso acontecer ao seu lado, ou mesmo com sua carreira?

mlk

Fato é, nobre colega, que esta postura de nada adianta. Mas, existem maneiras de aproveitar o local (ou setor) onde você trabalha atualmente para te empurrar cada vez mais próximo para o emprego dos seus sonhos, ou para a área que você sempre sonhou. Sim, é verdade! Mesmo para aqueles que querem mudar de profissão esta realidade se aplica.

Vamos a um exemplo prático (fictício – ou não).

João é um cara correto, trabalhador, que atualmente está na área de suprimentos de uma empresa de médio porte. Mas, o sonho dele sempre foi trabalhar numa multinacional, no setor de contabilidade. Ele é formado em administração, mas acha que as grandes empresas não dão chances para pessoas como ele para esta área: jovens e sem experiência em contabilidade. Segundo João, este é o projeto ideal da sua carreira. Porém, rotina e a falta de forço o acabaram deixando acomodado.

Aquele sonho, em tese, foi sendo abandonado e João ficou tranquilo no setor de compras daquela empresa. Porém, a insatisfação caminhou lado a lado com a vida dele. Ação? Nenhuma. Até que um amigo começou a perceber que João estava desmotivado, sem pique, mas também não tomava nenhuma atitude. Nem para melhorar o trabalho atual, nem para caminhar em direção ao próprio sonho. Foi aí que este amigo fez uma proposta dura e direta?  “Cara, por que você não para de reclamar e aproveita o seu emprego atual para atingir o seu sonho?”. João se sentiu ofendido, um pouco receoso, mas quis saber mais.

Eis o plano que surgiu 

“Vamos lá: na área de compras aqui da ‘B2L’, há necessidades claras de melhoria das questões contábeis e ninguém toma conta. Você sabe que a organização dos documentos, do lançamento das notas e da atualização do sistema não está das melhores, certo? Por que você não encabeça um pequeno projeto que vai corrigir esses erros dentro do nosso Time de Compras? Assim, você melhora seu setor atual de trabalho, realizar um projeto que te trará experiência contábil. entrega resultados de verdade e ainda se aproxima do seu sonho futuro, cara”.

Todo dia tem alguém assim…

Você realmente acha que o caso do João é fictício? Pode até parecer que sim. Mas quantas oportunidades como esta estão disponíveis no cotidiano e as pessoas deixam passar, focando na reclamação e na vitimização? Algumas poderosas, simples e baratas ferramentas podem lhe ajudar a cuidar desse processo transitório, que te levará ao seu tão almejado sonho. Além de ajudar sua empresa atual a evoluir em diversos pontos, o que fará com que você deixe uma marca extremamente positiva.

‘Bora nessa’?

1 – Primeiro: saiba qual é o seu sonho.

(Se você já sabe o que quer, pule diretamente para o tópico 2). Parece óbvio, mas sem um propósito, um objetivo, um mundo ideal, realmente ficará difícil. Dê só uma olhadinha neste material com aplicativos e sites que podem lhe ajudar a encontrar este caminho (garanto que abrirá muito a sua mente) Ou, claro, lance mão de muita reflexão, conversa com amigos, coaching, mentoring, para saber aquilo que você realmente vê como um propósito de vida.

2 – Encontre oportunidades no seu trabalho atual

Vamos começar do começo então. Quais pequenas atividades diárias existem no seu trabalho hoje que podem lhe ajudar a chegar perto do seu sonho? O ideal é fazer uma varredura básica e colocar numa planilha simples, MUITO SIMPLES.

Atividade Alguém a executa? Como consigo entregar bons resultados para a empresa? Como ela me ajuda para o futuro? Quanto tempo investirei nisso? Qual primeiro passo para isso acontecer?
Interface entre setor de compras e time contábil: Lançamento de notas, utilização do software, compilação de fornecedores da área. Estagiário de contabilidade quebra o galho atualmente, pois ninguém do time de compras executa. Otimização de cadastro de fornecedores. Evitar retrabalho com correção mensal de lançamento de notas. Terei maior compreensão do sistema utilizado pelo time de contabilidade. Fazer networking com os profissionais da área. Compreender da dinâmica de trabalho contábil. 2 horas por semana Apresentar um plano ao gerente da minha área, mostrando que podemos otimizar os recursos do setor apostando nesse modelo de gestão.

3 – Aposte em ações concretas e planeje os próximos passos

 Você conseguiu compreender que a primeira iniciativa é convencer seu chefe a apostar em você assumindo a interface com o time. Mostre quanto tempo você terá de se dedicar a isso semanalmente e como a equipe pode ganhar com isso em médio prazo. Converse com colegas de trabalho e mostre a eles sua ideia. Faça um pequeno business plan ou cronograma de projetos para mostrar que seus argumentos são sólidos (dê só uma olhada nesses templates simples de gestão de pequenos projetos).

Outro ponto, obviamente, é deixar claro para seu superior qual é o seu objetivo de médio e longo prazo. Nada melhor do que sinceridade. Além disso, lembre-se que o seu projeto otimizará o tempo da equipe, o que é de total interesse do seu gestor, certo? Todo mundo sai ganhando.

A honestidade nas relações pode ser um trunfo fantástico, pois fica transparente para todos o seu real objetivo. Com tudo isso em mente, você precisa realmente colocar pequenas metas e ações para que sua mudança ocorra da forma mais sútil possível.

Este modelo pode lhe ajudar a encontrar o melhor Plano de Carreira e Ação para sua transição. Clique aqui e acesse.  (…e use).

 4 – Comece a fazer conexões que podem lhe ajudar a chegar onde quer

Muita gente só faz networking quando é mandado embora ou quando precisa de alguma favor. Isso, como você já deve saber, não é construir conexões, é apenas se aproveitar da boa vontade alheia. Ao longo da sua carreira é fundamental construir relações de ganha-ganha, no qual você auxilia as pessoas e também usufrui de valias que elas possam ter (tudo isso genuinamente, com intuito de trocar coisas positivas). Frequente feiras, eventos, palestras, conversas e cursos da sua área de interesse, mesmo quando ainda não atua com ela.

As redes sociais também têm papel fundamental. Participe de grupos de discussão no Linkedin, no Facebook e em blogs especializados, por exemplo. A internet está cheia de materiais gratuitos e extremamente relevantes. Uma boa dica é ter um gestor de feed de notícias, como o Feedly, Flow Reader ou Flipboard. Muitos deles possuem aplicativos móveis e você pode ler no ônibus, no café, no tempo livre em casa…

5 – Saiba a hora de realmente mudar

Lembra do Plano de Carreira e Ação que comentamos mais cedo? Com o passar do tempo e o cumprimento das micro-iniciativas, chegará aquela hora de você fazer a transição que você quis. Provavelmente você levou em consideração as implicações financeiras que isso pode trazer, já que você entrará numa nova área, numa empresa nova. Isso pode ocorrer de duas formas: 1, você começar a procurar enquanto ainda está empregado (volte ao plano); 2, você fez um pé de meia e quer ir se dedicar integralmente a encontrar o lugar dos seus sonhos, ou algo que te faça chegar cada vez mais próximo dele.

6 – Olhe para trás e veja que a jornada valeu a pena

 Contemple muito aquilo que você conseguiu. Valorize aquela mudança feita lá atrás. Se você não tivesse tomado ação, muito provavelmente ainda estaria reclamando que não gosta do emprego, que mudar de setor é muito difícil, que nunca chegaria à área que realmente gosta.

Olhe para a jornada com carinho e perceba que é possível realizar novos projetos, novos desafios e trilhar os caminhos com sabedoria e planejamento.

7 – Dedique-se ao seu novo trabalho, pois ele te levou para ainda mais próximo do seu sonho

 Aqui é chover no molhado. Valorize muito o que conseguiu e desfrute cada passo dado. Se chegou no seu sonho, aproveite bastante o que você conquistou. Se ainda não chegou, mas já trocou de área, celebre e já comece a pensar nos próximos passos, dando valor à empresa que trabalha atualmente e à confiança/oportunidade que ela lhe deu.

Siga em frente…

Bom, espero que seja útil. Fique à vontade para curtir, compartilhar, comentar, criticar, complementar…a casa é sua!

Um grande abraço e até a próxima.

1(2)


Fernando Pacheco

Mineiro, animado e bom leitor. Formado em Comunicação pela PUC-MG, MBA em Gestão de Pessoas e Graduado em GRH. Head of Pre-Sales na Samba Tech, proprietário da Penser e sócio da Life. E o mais importante, padrinho do Mateus. É isso aí...