Ter uma comunicação assertiva é um dos principais fatores para se tornar um bom profissional. Essa competência mede a capacidade de passar as informações com clareza, se relacionar com os outros, conquistar a colaboração e a confiança das pessoas.

No trabalho é muito importante saber repassar informações relevantes, descrever um projeto e seus processos. Não ter uma comunicação assertiva pode gerar grandes dificuldades nas relações profissionais, provocar uma execução errônea dos processos e atrasar as demandas.

O que é comunicação assertiva?

Um pessoa assertiva primeiramente precisa ter um equilíbrio entre escutar e ser escutado, de defender o que acha correto e também o que os outros acreditam de forma calma, sem agressividade e aceitar passivamente algo que não esta de acordo.

Essa postura requer ser honesto sobre seus desejos e necessidades, ao mesmo tempo em que considera os direitos, necessidades e desejos dos outros. Quando você é assertivo, você é pacífico. A autoconfiança é outra característica comum e saber tirar o poder disso para que seu ponto de vista seja firme, justo – porém enfático – é fundamental.

Como identificar uma comunicação assertiva eficaz?

Nem sempre é fácil identificar um comportamento verdadeiramente assertivo. Isso ocorre porque pode haver uma linha tênue entre assertividade e autoritarismo. Um comportamento autoritário quase sempre é focado em ganhar, levando em consideração apenas o interesse pessoal, sem considerar as outras pessoas.

Quando você é agressivo, toda a sua comunicação se torna egoísta.

Quando se é líder é normal ser pressionado a exigir dos seus colaboradores que uma demanda seja entregue em um curto prazo. de tempo. Aprender a se expressar de forma verbal e não verbal é fundamental para que as relações no trabalho não se tornem estressantes e pesadas. Ao mesmo tempo é necessário saber observar e entender que todos estão fazendo o máximo que podem.

Ter uma comunicação assertiva envolve:

  • Aprender a entender o outro. Cada pessoa tem um modelo de se comunicar e receber informações. Observa-las e saber como aborda-las é uma forma de respeita-las e assim deixar a comunicação mais eficaz. Essa observação deve ser feita também através de gestos, olhares e postura corporal. Alguns estudos afirmam que 93% da nossa comunicação é não verbal. Por isso, é importante estar atento a estes sinais para se adequar e comunicar assertivamente;
  • Saber o momento correto de falar. Tendo exercitado a observação dos seus colaboradores, saber a hora correta de aborda-los é essencial. Embora o que você tenha a dizer seja importante, uma abordagem correta em um momento errado muitas vezes pode comprometer a mensagem;
  • Ter embasamento nos seus argumentos. Coletar um maior número possível de informações sobre um projeto ou erro cometido é fundamental. Ler, se informar, estudar uma nova abordagem. Quanto maior a capacidade de argumentação e diálogo, melhor será a sua comunicação assertiva;
  • Ser um ótimo mediador. Em situações onde conflitos são constantes, um líder pode ajudar em como os colaboradores repassam suas opiniões e desejos aos presentes. Ser solícito sempre, e inspirar pessoas a serem cordiais ao expressarem insatisfações ou desejos.

Ter autoconhecimento é o primeiro passo em ter uma comunicação assertiva efetiva. Na medida em que você obtém uma melhor compreensão de quem você é, do valor que você tem e pode oferecer aos outros, isso te ajuda a se tornar mais autoconfiante e seguro do que você acredita.

Os benefícios de ser assertivo

Assertividade fornece vários outros benefícios que podem ajudá-lo tanto em seu local de trabalho quanto em outras áreas de sua vida. Em geral, pessoas assertivas se tornam grandes lideres. Um bom gestor que trata as pessoas com justiça e respeito também são tratados da mesma forma. Isso significa que frequentemente são bem-vindos e vistos como líderes com os quais as pessoas querem trabalhar.

A comunicação assertiva ajuda a negociar soluções “win-win”. O gestor que desenvolve essa característica é capaz de reconhecer o valor da posição contrária e pode rapidamente encontrar um terreno comum para ter uma negociação bem sucedida. São realizadores e solucionadores de problemas e se sente habilitado(a) a fazer o que for preciso para encontrar a melhor solução para os dois lados.

Ao mesmo tempo se torna ou já tem uma personalidade menos estressada e menos ansiosa. A autoconsciência faz parte do dia dia e não ha espaço par se sentir ameaçado quando as coisas não saem como planejado. Com calma e maestria consegue resolver problemas complexos.

Um grande desafio profissional talvez seja conquistar essa competência. Você concorda? Qual o seu maior impeditivo de ter uma comunicação mais assertiva?

Fechar Menu