O crescimento profissional é um desejo comum no mercado de trabalho pelas mais diversas motivações. Com certeza, você já percebeu que se trata de uma vitória difícil e acirrada, conquistada dia após dia, diante de uma realidade extremamente competitiva e, também, condicionada por tempos de crise e de desemprego.

Estar ciente desse cenário é básico para planejar as possibilidades de ascensão profissional. Além disso, você precisa ter em mente que outros obstáculos podem estar contribuindo para a estagnação de sua carreira e prejudicando seu crescimento pessoal e profissional. O segredo para reverter esse jogo é identificá-los e superá-los, e este post vai ajudar nisso.

Existem passos essenciais para alavancar sua carreira. Mas, antes de explicá-los, tire da cabeça a ansiedade e o imediatismo de ser “catapultado” ao topo da escada do sucesso, pois não existe fórmula mágica. A conquista é de degrau por degrau.

crescimento profissional - degrau por degrau
O sucesso é a soma de pequenos esforços, repetidos diariamente“. Robert Collier, escritor e autor de “The Secret of the Ages”

 

Por isso, a dica número um é manter o foco e a energia no esforço e na dedicação diários, deixando de lado, momentaneamente, as recompensas imediatas. Vamos em frente com as ações:

Crescimento profissional: o primeiro passo é o autoconhecimento

Um erro recorrente cometido por vários profissionais é o de viver “o sonho alheio”. De fato, família, amigos e até gestores exercem influência sobre nossas decisões e, claro, a opinião dessas pessoas é válida. No entanto, ela não pode ser decisiva na escolha dos nossos caminhos. Dificilmente, você conquistará sua realização pessoal e profissional se não viver seu próprio sonho e traçar o seu objetivo.

Além disso, muitas vezes, enveredamos por uma “sequência profissional natural” (analista, coordenador, gerente, por exemplo), sem tomar as rédeas da nossa carreira e do nosso futuro. Acredite, esses são dilemas comuns e exigem reflexão e um trabalho de autoconhecimento. Infelizmente, não adianta ignorá-los, cedo ou tarde a frustração baterá a sua porta.

Crescimento profissional - siga seu sonho

Um coach pode ajudar muito nesse processo. Juntos, vocês podem ampliar seus horizontes e identificar sua verdadeira vocação profissional. Dessa forma, é possível compreender os obstáculos a superar e as habilidades necessárias para isso. Quando fazemos o que gostamos ou, no mínimo, nos identificamos com a missão à frente, as chances de mantermos a motivação, superarmos derrotas circunstanciais e conquistarmos vitórias profissionais são incrivelmente maiores.

Além disso, o coach é um excelente aliado para ajudar a elaborar sua gestão de carreira. Uma excelente opção é investir em um planejamento com metas de curto, médio e longo prazos, para te manter motivado e alinhado ao objetivo. Isso também servirá de orientação para, periodicamente, você avaliar cada etapa superada ou a necessidade de ajustes de curso.

Inteligência emocional: uma habilidade indispensável

A inteligência emocional difere-se da inteligência tradicional, comumente associada ao Q.I.. Por incrível que pareça, ela pode, inclusive, ser mais decisiva para o crescimento profissional, uma vez que se refere à habilidade de gerenciar as emoções, controlar impulsos e sentimentos negativos, ser mais empático, produtivo e bem-sucedido na gestão e na liderança de equipes.

Felizmente, é uma competência que pode ser desenvolvida. O primeiro passo é compreender os traços da sua personalidade para, continuamente, melhorar seu comportamento. Como começar:

  • Reflita sobre seu humor, suas emoções e como eles afetam seu dia a dia, tanto no trabalho quanto em sua vida pessoal. Policie-se para que a irritação de uma discussão em casa não seja descontada no trabalho, por exemplo;
  • Identifique atitudes impulsivas e desenvolva a autorregulação, isto é, a capacidade de agir de forma racional, de cabeça fria;
  • Descubra maneiras de se manter motivado, independentemente de receber recompensas;
  • Incorpore a empatia, ou seja, coloque-se sempre “no lugar do outro” para compreender melhor cada situação e definir como agir;
  • Valorize sua habilidade social: é fundamental criar vínculos e construir relacionamentos produtivos. Mantenha uma postura colaborativa, responsável e, principalmente, ética.

Além disso, você deve ser proativo, determinado e resiliente frente às decisões e aos projetos que assumir, não sucumbindo a críticas ou a percalços momentâneos. Saia de sua zona de conforto! Ali, nada de significativo ocorrerá em prol da evolução de sua carreira. Por isso, tenha coragem e flexibilidade para enfrentar mudanças. Fracassos fazem parte da jornada, o que te difere dos outros é como você os encara e os supera.

Crescimento profissional - resiliência e determinação para o sucessoCapacitação: desenvolva-se para crescer profissionalmente

Não resta dúvidas de que uma boa graduação já não é suficiente para formar bons profissionais. O aprendizado contínuo e a experiência são pré-requisitos para a ascensão profissional. A chave para adquirir novas competências é a humildade e nada de comodismo. Estudar está sempre em alta: seja por meio de cursos, de workshops ou de treinamentos oferecidos pela empresa em que trabalha.

Além do mais, o que não falta são fontes de informação via Internet (desde que confiáveis) para você se manter atualizado com as principais tendências do mercado. Não subestime qualquer aprendizado, tudo pode ser útil e trará experiência para ampliar seus horizontes, embasar suas decisões e suas ações. Afinal, para se destacar, você precisará “entregar mais do que o esperado”. Não adianta somente preencher as competências esperadas para um cargo, é necessário superar as expectativas dos gestores.

Dessa maneira, você estará mais qualificado a propor soluções inovadoras que tragam melhores resultados. Um outro detalhe importante: fique atento às inovações tecnológicas e ferramentas para otimizar seu trabalho, ou seja, como fazer mais e melhor em menos tempo. 

Crescimento profissional - competência e inovação são armas indispensáveis

Habilidades de liderança

A habilidade de liderar equipes e gerir projetos é extremamente valorizada, possível de desenvolver e imprescindível para o crescimento profissional. Ela envolve competências relacionadas à comunicação, à capacidade de motivação, ao relacionamento colaborativo, à determinação de metas factíveis, à divisão adequada de tarefas, ao reconhecimento autoral, entre outras ações de endomarketing.

Visão estratégica: a competência que te mostra o caminho

Crescer profissionalmente envolve, também, saber identificar oportunidades. Para isso, é preciso observar constantemente o ambiente externo e interno da empresa em que você trabalha ou de sua área de atuação. Veja se você é capaz de responder às seguintes perguntas:

  • Quais os pontos fracos da organização que requerem maior atenção e novas soluções?
  • Quais as demandas do mercado para o segmento?
  • Quais as expectativas dos gestores e os objetivos de curto e longo prazos da empresa?
  • Há falhas estratégicas?
  • Há inovações mercadológicas possíveis?
  • Há espaço para crescimento?

Questionamentos como esses são básicos e exigem um comportamento proativo, que ajudará, e muito, a identificar possibilidades e ganhar território – um grande diferencial na busca pelo crescimento profissional. Afinal, você deve ser o responsável por criar seu caminho, ele não cairá do céu. Não se esqueça, também, de investir em networking, seja pessoalmente seja por redes sociais (perfis profissionais). Assim, você se mantém atento ao mercado e é visto por ele.

O crescimento profissional é um movimento muito mais inerente às consequências do seu comportamento e de suas ações do que da sorte, concorda? Afinal, estar no lugar certo, na hora certa, pode ser uma condição criada por você. Como diria Louis Pasteur “a sorte favorece a mente preparada”.

Saiba mais sobre como traçar um plano de carreira bem-sucedido navegando pelo nosso blog. Ótimo proveito!

Fechar Menu