A criatividade é responsável por libertar o imaginário, produzir novos conhecimentos e fornecer a capacidade de analisar um assunto por diversos ângulos diferentes. É por isso que a criatividade consegue ajudar a solucionar de novas maneiras, os problemas antigos, e é por isso que a criatividade nos negócios é tão relevante e estimada.

Um comportamento criativo está associado a capacidade de se aventurar em caminhos nunca antes trilhados, com ousadia e sem medo do risco. Profissionais com perfil empreendedor e criativo são capazes de transformar simples ideias em negócios lucrativos e também de conseguir extrair excelentes resultados de oportunidades nunca antes exploradas.

Porém, a criatividade não elimina a necessidade do esforço árduo na execução de um trabalho bem feito. A criatividade deve estar aliada a um trabalho duro, para que seus resultados sejam visíveis.

A seguir, você entenderá mais sobre a relação da criatividade com o ambiente de trabalho e, além disso, aprenderá de quais maneiras é possível se tornar um profissional mais criativo e que consegue melhores resultados em seu dia a dia.

E se a criatividade é uma das suas metas profissionais, você pode gostar também da nossa planilha para organização de objetivos. Não deixe de conferir!

A importância de se manter um profissional criativo

Com a ampliação do número de profissionais no mercado de trabalho, a concorrência por uma vaga de emprego fica cada dia maior. Para lidar com o cenário concorrido, é preciso ter um diferencial: o profissional deve ser capaz de agir com criatividade e inovação.

Se você possui esse perfil e exercita suas habilidades de criação, já tem uma vantagem competitiva e a chance de se destacar em uma entrevista de emprego, ou dentro de sua própria empresa, é elevada, uma vez que a criatividade possibilita o desenvolvimento de várias outras características:

– Os profissionais criativos são pessoas com ideias mais flexíveis. Nada é “escrito em pedra” para essas pessoas e isso quer dizer que elas entendem que tudo pode ser questionado. Pessoas criativas saem de sua zona de conforto para contestar padrões, vão além do que é óbvio e vivenciam novas experiências por causa disso.

– A capacidade de criar uma série de ideias também é característica do profissional criativo. Isso acontece porque, para solucionar um problema, esses profissionais não se contentam em ter apenas uma ideia, pensam em várias para que pelo menos uma delas seja realmente boa.

– Outro fator importante, é a capacidade dos profissionais criativos de colaborar dentro de uma equipe. Profissionais criativos não olham apenas para o seu próprio trabalho, eles possuem uma visão do todo e isso facilita o desenvolvimento de conexões e a geração de inovações em várias áreas dentro de uma empresa.

Criatividade e empreendedorismo

É a criatividade o motor responsável pelos marcos históricos deixados pelos seres humanos, seja na criação de grandes cidades e impérios, ou até mesmo  na capacidade de estudar e criar remédios para a cura de várias doenças. Além disso, a criatividade também é a responsável pela idealização e o desenvolvimento de negócios de sucesso.  

Com a criatividade para identificar mercados potenciais, descobrir falhas em serviços que são consumidos por grande parte da população e encontrar desejos e demandas que ainda não foram explorados, aliada à capacidade de seguir um planejamento estratégico, você tem o primeiro passo da fórmula para a criação de um empreendimento brilhante.

Nem de longe o trabalho será fácil. A criação de um negócio de sucesso leva tempo e precisa de bastante esforço. Muitas vezes, inúmeras falhas acontecem no processo, porém, o importante é o aprendizado que essas falhas podem trazer.

Um exemplo de empreendedorismo que junta a criatividade com o trabalho duro, são as startups. Elas nascem por meio da criatividade, sempre na intenção de juntar uma ideia inovadora com um bom plano de negócios.

O ponto chave das startups está no fato de que essas empresas são capazes de oferecer uma solução criativa e inovadora para um problema de mercado que atinge um grande número de pessoas. Elas surgem de empreendedores com ideias inusitadas e podem começar pequenas, mas geralmente possuem um ritmo de crescimento acelerado.

A diferença entre ser criativo e ter ideias mirabolantes

Sabemos que a criatividade e a inovação são características importantes dentro do mundo corporativo. Mas, não basta apenas ser criativo! Como já pontuamos, é preciso colocar a mão na massa e trabalhar duro.

Nos negócios, a criatividade está intrinsecamente ligada à inovação – a criatividade no campo das ideias e a inovação no campo da execução. Criatividade e inovação precisam andar juntas, não adianta apenas ter ideias sem colocá-las em prática e para colocar algo em prática, antes precisa-se de uma ideia. A criatividade é a responsável por fazer os profissionais pensarem em coisas novas e a inovação é o que faz essas coisas novas acontecerem.

Aqui, vamos desmistificar o conceito popular que considera a criatividade como um dom. “Apenas algumas pessoas nascem com o dom da criatividade”, “Fulano nasceu criativo” e “Eu não consigo ser criativo”, são frases que escutamos frequentemente por aí. Esqueça essas afirmativas e pense que a criatividade pode ser exercitada, ela precisa ser um hábito na sua vida e, como todo hábito, a prática constante é extremamente necessária!

Assim como os nossos músculos precisam de estímulo e exercício para crescerem e se tornarem mais fortes, a criatividade deve ser fortalecida diariamente. É o “90% transpiração e 10% inspiração” que fazem as ideias boas aparecerem. Pense que ser criativo não é ter pensamentos mirabolantes, que não possuem embasamento e que dificilmente serão executados. Afinal, do que adianta ter uma ideia para guardar na gaveta?

Com essa afirmativa, não queremos dizer que você não pode ousar, se arriscar e fazer o impossível acontecer. Você pode fazer tudo isso! Mas a sua criatividade, para ser realmente útil, precisa ser fundamentada em muito estudo, conhecimento de coisas que foram executadas no passado, planejamento claro e objetivo e ideias bem estruturadas.

Dicas para exercitar a criatividade

Você já entendeu que, ao contrário do que muitos pensam, a criatividade pode ser desenvolvida ao longo do tempo e, para isso, basta tê-la como rotina, trabalhando nela com foco e determinação.

Para que você comece hoje mesmo a se aperfeiçoar, separamos algumas dicas de como desenvolver a sua criatividade nos negócios:

Abra sua mente

Para muitas pessoas, nada parece mais entediante do que fazer sempre a mesma coisa ou ter uma rotina estabelecida. Claro que, em nosso dia a dia, muitas vezes temos que executar uma mesma função repetidas vezes e isso acaba dificultando o desenvolvimento do processo criativo, uma vez que podemos nos cansar com a monotonia. Por isso é tão importante abrir a mente!

A ideia com o conceito de “abrir a mente” é se propor a sair de sua zona de conforto e buscar novas experiências, que sejam diferentes de tudo aquilo que você já experimentou. Não se assuste, pois você não precisa fazer nada complexo demais: você só precisa tentar encaixar algo novo na sua rotina de trabalho ou no seu tempo de lazer.

Uma dica é tentar executar aquela tarefa que você tem que fazer todos os dias, de uma maneira diferente da qual você não está acostumado. Assim, além de contribuir para o desenvolvimento da sua criatividade, você poderá descobrir com esse exercício, uma forma de fazer parte das suas funções mais rápido e assim poder desenvolver a sua carreira com o tempo economizado.

Estude o passado

Já falamos que a criatividade não é ter ideias mirabolantes e sem sentido. A criatividade, para ser efetiva, precisa partir do estudo de algo concreto. Analise o passado, veja o que já foi criado, busque inspiração para as suas ideias, pesquise o que deu certo e o que deu errado, e, com isso, não caia nos mesmos erros que alguém já cometeu.

Existem inúmeros exemplos de pessoas que, por meio da criatividade, desenvolveram e colocaram em prática grandes ideias que beneficiaram a humanidade e essas ideias podem, ou não, ter sido aplicadas ao mundo dos negócios. Por isso não se prenda apenas às histórias de empreendedorismo para buscar inspiração – ela pode vir de qualquer lugar!

Preze pela simplicidade

Já falamos aqui no blog sobre senso de urgência e a necessidade de se atentar ao comportamento perfeccionista. Não há nada de condenável em querer fazer o seu trabalho da melhor maneira possível, mas quando o perfeccionismo te impede de colocar suas ideias em prática, algo está errado.

Por vezes queremos que nosso trabalho esteja perfeito e isso acaba complicando a execução. Tente eliminar algumas dessas complicações que teimam em aparecer diariamente. Lembre-se de que é melhor começar a desenvolver as suas ideias e ir progredindo a qualidade delas ao longo do tempo, do que esperar as circunstâncias perfeitas para começar.

Além disso tudo, você sempre pode contar com um mentor para te ajudar a ser mais criativo e te guiar na direção certa.

Conclusão

O mundo se atualiza constantemente e os desafios dentro das organizações são sempre novos. É por isso que a necessidade de inovar é tão significativa. Exercitar a criatividade nos negócios é o que fará a sua empresa se tornar mais competitiva, além de te destacar perante as lideranças do local onde você trabalha. Lembre-se de que a criatividade deve ser exercitada dia após dia e não desanime com os erros cometidos no caminho, pois você pode aprender com eles e fazer das lições os degraus da sua escada para o sucesso.

Agora que você terminou este artigo, se quiser saber mais sobre outros 15 pontos que podem fazer sua carreira bombar, baixe nosso material gratuito! É só clicar aqui ou na imagem abaixo.

impulsionar sua carreira

Fechar Menu