Realizar uma gestão de pessoas eficiente dentro de uma organização é hoje um grande desafio para líderes, gestores e profissionais de recursos humanos. Lidar com as pessoas dentro de uma empresa tem se tornado algo cada vez mais desafiador e os profissionais nessa posição precisam encontrar formas de desempenhar essa tarefa sempre levando em conta o desenvolvimento dos colaboradores, o oferecimento de condições dignas e confortáveis de trabalho e, principalmente, a obtenção de bons resultados para empresa.

Isso tudo depende de uma série de processos que precisam ser executados no dia a dia e que tem a ver com a retenção de pessoas, o desenvolvimento de talentos, o planejamento de carreira, a motivação dos colaboradores e muito mais. E para facilitar a execução desses processos no dia a dia, existem diversas ferramentas de gestão de pessoas que foram desenvolvidas justamente para deixar o dia a dia de líderes e gestores mais eficiente e eficaz.

Neste artigo separamos 9 dessas ferramentas que podem (e devem) ser incluídas na rotina da gestão de pessoas de uma organização. Elas são simples de compreender e aplicar e podem transformar os resultados dos colaboradores e do negócio como um todo. Confira:  

10 ferramentas de gestão de pessoas para aplicar no dia a dia

1. Feedback

A primeira e uma das mais conhecidas ferramentas (ou técnicas) quando se trata da gestão de pessoas é o feedback.

O feedback pode ser definido basicamente como o oferecimento constante de retorno – seja positivo ou negativo – à um colaborador, baseado em suas atitudes e em seu desempenho. Essa ferramenta é essencial para fazer com que as pessoas entendam seus pontos fortes e fracos e possam se desenvolver rapidamente, ganhando em sua performance profissional e trazendo mais benefícios à empresa.

O feedback, para que seja efetivo e bem aproveitado, deve ser feito constantemente e sempre levando em conta algumas boas práticas como:

  • dar feedbacks imediatos;
  • fornecer retornos detalhados;
  • nunca executar esse processo em público;

e outras.

Falamos sobre o processo de feedback e suas técnicas em um outro artigo aqui no blog. Confira!

2. Avaliação de desempenho

Quando se trata de gestão de pessoas, a avaliação de desempenho é uma ferramenta fundamental. Por meio de um questionário que pode ser aplicado mensalmente, trimestralmente ou semestralmente, essa avaliação consegue medir como está a performance e produtividade dos colaboradores, como eles veem contribuindo para os resultados da empresa e ainda pode identificar pontos de melhoria ou desenvolvimento no trabalho desse colaborador.

Para que seja bem aproveitada, essa avaliação deve ser sempre feita levando-se em conta os valores e a cultura da empresa e deve se desenrolar em ações práticas de desenvolvimento do colaborador. Assim, garante-se que essa ferramenta está sendo bem aproveitada e que ela será capaz de gerar benefícios reais para a empresa e as pessoas que fazem parte dela.

3. Plano de carreira e remuneração

Saber quais os possíveis rumos para sua carreira dentro de uma organização e o que isso representa em termos financeiros é algo que pode fazer com que os colaboradores se sintam mais motivados e trabalhem sempre da melhor forma possível.

Por isso, um bom plano de carreira e de remuneração é uma das ferramentas de gestão de pessoas mais importantes para uma empresa. Um colaborador que sabe exatamente onde pode chegar em curto, médio e longo prazo, será capaz de traçar suas metas de carreira  e desenvolvimento com muito mais assertividade e estará em evolução constante, trazendo benefícios para a empresa em diversos níveis.

Se em sua empresa o plano de remuneração e carreira não é algo formalizado ou não está claro para as pessoas que fazem parte dela, reveja essa prática e foque agora mesmo na construção de uma boa estrutura.   

4. Pesquisa de clima organizacional

Assim como é importante realizar a avaliação de desempenho para medir os resultados que as pessoas estão trazendo para a companhia, é importante também realizar a pesquisa de clima organizacional para entender como a empresa em si, de diferentes formas, está contribuindo para o desempenho dos profissionais.

Por meio de um questionário sobre a empresa, suas práticas e situações específicas do dia a dia, os colaboradores serão capazes de demonstrar o quanto estão satisfeitos com a organização e o quanto ela tem contribuído para os resultados entregues. Com essa pesquisa e as sugestões de quem está no dia a dia, é possível identificar pontos de melhoria e de destaque na organização e trabalhar para que o ambiente e o clima sejam os melhores possíveis, a fim de contribuir para a boa performance de cada pessoa.

Esse questionário pode ser aplicado trimestralmente, semestralmente ou anualmente e é importante que seus resultados sejam compilados e transformados em planos de ações concretos – assim como a avaliação de desempenho.

5. Coaching

Uma ferramenta de gestão que tem sido cada vez mais utilizada quando o assunto é desenvolvimento de colaboradores é o coaching. Por meio de encontros semanais, quinzenais ou mensais e do foco em um plano de desenvolvimento, o coaching é um processo que pode ajudar colaboradores de diferentes níveis a terem uma melhor performance profissional, a crescer com suas carreiras e a contribuir de forma mais significativa para o bom resultado da empresa.

Com foco em aspectos comportamentais e emocionais, o coaching pode ser feito em grupos ou com profissionais específicos e pode ser oferecido por uma empresa especializada ou pela própria organização – desde que haja alguém capacitado para isso.

Portanto, vale conhecer mais sobre esse processo e considerar sua realização!

6. Mentoria

A mentoria, assim como o coaching, também é uma ferramenta para estimular o desenvolvimento profissional dos colaboradores, mas diferente do primeiro processo é mais focada em trabalhar habilidades técnicas e específicas dos colaboradores. Exemplificando: se alguém quer melhorar sua inteligência emocional, procurar um coaching pode ser mais adequado. Já se a pessoa quer aprender mais sobre administração financeira, então ela precisa de um mentor.

O processo de mentoria também acontece por meio de encontros periódicos entre mentor e mentorado e nesse caso o ideal é que seja feito de maneira individual. A empresa que deseja oferecer mentoria a seus colaboradores pode procurar pelos mentores internamente, acionar contatos externos ou ainda contar com uma instituição especializada para ajudar nesse processo.

A mentoria, além de trazer desenvolvimento profissional para as pessoas na empresa, vai ajudar a melhorar a performance de cada um desses indivíduos e consequentemente impactar nos resultados da organização. Portanto vale a pena também conhecer mais sobre esse processo e considerar sua implementação.

7. Onboarding

O onboarding é uma das ferramentas de gestão de pessoas mais importantes de uma organização e precisa receber uma atenção especial. Esse processo tem relação com a ambientação e adaptação de um novo colaborador à empresa e é essencial para garantir que todos trabalhem com alta performance desde os primeiros dias na organização.

O onboarding, além de incluir alguns processos burocráticos de admissão dos colaboradores, vai fazer com que a nova pessoa conheça a empresa como um todo, passando por:

  • suas atividade principais;
  • líderes e pessoas chave;
  • divisão de times;
  • detalhamento das suas funções e obrigações;
  • objetivos do trabalho;
  • expectativas

e muito mais.

Portanto, atente-se à realização correta desse processo e busque sempre por referências e aprimoramentos.

8. Programas de capacitação

Os programas de capacitação de colaboradores são extremamente importantes quando se trata de desenvolvimento profissional e de uma boa gestão de pessoas. Por meio desses programas, é possível capacitar profissionais chave da empresa e fazer com que seu desempenho superior seja revertido também em ganhos para a organização.

Quando falamos de programas de capacitação, eles podem envolver as ferramentas de coaching e mentoria, que já citamos, mas também podem ir além envolvendo processos de treinamento e desenvolvimento – com universidades corporativas, e cursos específicos – de preparação e formação de líderes, de desenvolvimento de talentos e muito mais.

Investir na capacitação de colaboradores chave é uma das técnicas mais eficientes quando se trata da gestão estratégica de pessoas e pode representar ganhos enormes para a organização, além de para o próprio funcionário. Por isso, garanta que sua empresa executa esse tipo de iniciativa e que tem dado o devido valor a ela.

9. Comunicação corporativa

Por fim, mas não menos importante, uma excelente ferramenta para gestão de pessoas é a comunicação corporativa. Por mais que ela pareça apenas algo supérfluo, ela é capaz de proporcionar benefícios reais às organizações, como: a diminuição de ruídos e de fofocas na organização; o alinhamento entre times; a diminuição de erros em projetos e do retrabalho; a melhoria do relacionamento entre as pessoas; e muito mais.

A comunicação corporativa hoje é cada vez mais construída por diferentes níveis hierárquicos e não acontece mais apenas de cima para baixo, como era o comum. Isso tem facilitado o engajamento dos colaboradores com as ações de comunicação e cada vez mais elas têm sido um ponto essencial para o sucesso de grandes organizações.

Por isso, invista em boas ações de comunicação corporativa e, inclusive, use a tecnologia a seu favor – não ficando preso apenas às formas tradicionais de comunicação, com emails e memorandos, por exemplo.    

Bônus: softwares que podem ajudar nesses processos

Agora que você já conhece algumas das mais importantes ferramentas para uma boa gestão de pessoas, é interessante conhecer também alguns softwares, aplicativos e programas que podem facilitar sua execução. A seguir, listamos alguns deles, sempre especificando em quais ferramentas eles podem se encaixar. Confira:

  1. Convênia: onboarding e gestão pessoal em geral
  2. Solides: avaliação de desempenho, desenvolvimento e gestão pessoal em geral
  3. Qulture Rocks: avaliação de desempenho e feedback
  4. Slack: comunicação corporativa
  5. Feedback Gen.te: feedback
  6. Trello: organização e comunicação corporativa
  7. Take5: gestão de treinamento e desenvolvimento

Pronto para melhorar sua gestão de pessoas?

Trabalhar a gestão de pessoas de forma adequada em sua empresa é fundamental para não só formar colaboradores mais preparados para assumirem funções estratégicas na empresa, como também para garantir melhores resultados para a organização. E conhecer essas ferramentas de gestão de pessoas que citamos nesse artigo, é um passo essencial em direção ao atingimento desse objetivo.

Agora que você já aprendeu um pouco mais sobre tudo que pode fazer e aplicar em seu dia a dia no que diz respeito à gestão de pessoas, é hora de se aprofundar ainda mais em cada assunto e ver como isso pode ser aproveitado na rotina da sua organização.

Gostou das dicas ou conhece outras ferramentas e softwares que podem ser utilizados na gestão de pessoas? Então deixe seu comentário abaixo!

E se você precisa de um aconselhamento mais aprofundado para transformar a realidade e os resultados da sua empresa, fale com a Penser e solicite uma consultoria gratuita. Vamos adorar ajudar!

Fechar Menu