Ser da alta gestão é escolher a ‘menos pior’ das opções e entender que isso é parte do desafio

Hoje é um daqueles textos curtinhos, só para compartilhar…É comum vermos pessoas da alta gestão sofrendo ao tomar decisões que não são tão populares ou que perdem o humor como as coisas não vão bem no trabalho. Quando alguns desses profissionais chegam a cargos mais elevados nas organizações, o desafio se torna resolver praticamente um grande problema por dia. E muitas vezes essa resolução significa minimizar danos.

O que quer dizer isso? Quer dizer que em vários momentos você tem 3 opções ruins e precisa escolher a menos pior, sendo sincero. Pelas minhas convicções, acho que que consegue entender que isso faz parte do jogo tem mais chance de se dar bem como gestor do que aqueles que sofrem, paralisam e demoram a tomar a decisão.

Fez sentido?

Os especialistas da Harvard Business Review fizeram um pequeno guia com três dicas que nunca saem de moda para tomar decisões duras. Vale ler, claro.

1 . Estabeleça uma rotina quando tiver que tomar uma decisão. Ex: coma salada sempre que tiver que participar de uma reunião complexa, ou tome um chá, ou algo que você goste. Estabeleça um padrão que te relaxe.

2. Crie uma relação “IF/Then” caso você sinta que alguns problemas possam aparecer. Ex: Se você sabe que um projeto pode não dar certo em 6 meses, então crie um método de “Se isso acontecer, então faço aquilo”. Assim você estabelece um rol de possibilidades e não sofre quando o momento chegar.

3. Por fim, coloque um “timer” para sua decisão. Se as questões sobre a mesa foram razoavelmente examinadas, as escolhas são igualmente atraentes, e ainda não há uma resposta clara, então admita que não existe uma maneira perfeita de decidir e simplesmente vá em frente, tome a decisão.

Esta número três, na minha opinião, é uma das mais importantes para a vida.

Muito sofrimento ocorre porque pensamos no impossível, no perfeito, e não no razoável para aquele momento. E não vale apenas para a alta gestão, mas também para qualquer nível.

Bom, espero que tenha sido útil.

O papel positivo das coisas ruins e indigestas na sua carreira

7 livros que podem te ajudar a crescer na carreira (seja ela qual for)

Fernando Pacheco

Mineiro, animado e bom leitor. Formado em Comunicação pela PUC-MG, MBA em Gestão de Pessoas e Graduado em GRH. Head of Pre-Sales na Samba Tech, proprietário da Penser e sócio da Life. E o mais importante, padrinho do Mateus. É isso aí...