Ter foco é importante, mas atenção às coisas ao redor é fundamental (cuidado com a viseira)

E aí, tudo tranquilo? (o post hoje era para ser uma frase apenas, mas deu para crescer um pouquinho.

A grande vantagem de trabalhar numa empresa legal, com ambiente aberto e pessoas interessantes é que você tem sempre uma coisa nova a aprender. É um estagiário que participou de um curso novo, CEO que bate-papo sobre vida, carreira e negócios, diretores focados e solícitos e por aí vai. E é assim na Samba Tech, eleita pela Fast Company uma das empresas mais inovadoras do mundo. Dia desses, pela vida, conversávamos sobre ampliar as oportunidades, evitar olhar as coisas por um só ângulo. E dois casos cabem aqui, para deixar o texto um pouco mais leve.

shield-492993_1280

Entre o mapa e o terreno, fique com o terreno. O Gustavo Caetano, fundador da Samba Tech, da ABStartup e considerado pela Business Insider o Zuckerberg Brasileiro sempre fala essa máxima em suas palestras e entrevistas. E é fantástico como analogia. Pense bem: durante o período bélico do século XX, os soldados andavam com pequenos mapas no uniforme. Quando ele se deparava com uma discrepância entre o guia e a realidade, o que ele deveria seguir? Claro que é a realidade. Já imaginou ele nadando numa imensidão de areia, só por que no mapa dizia que ali tinha uma lagoa? Não, né.

Mas eu fui lá fazer outra coisa! Um grande executivo de Minas Gerais costumava contar um caso bem interessante sobre isso (pode ser também apenas uma analogia). Ele era Editor do Globo Esporte MG e sempre escalava repórteres para participar de pautas pela cidade de Belo Horizonte. Num belo dia, pediu um jornalista que fosse fazer uma entrevista, com um presidente de clube. Duas horas depois, volta o profissional.

– E aí, como foi? Conseguiu fazer a entrevista?

– Poxa, não consegui fazer. Houve um incêndio enorme no local e prejudicou tudo.

– Meu Deus. Que tragédia. Mas aí você aproveitou e fez a matéria sobre o incêndio né? Isso pode ser importante para o Jornal Nacional?

– Não. Fui lá fazer a entrevista.

Bom, são dois casos simples e com um recado mais simplório ainda: fique muito atento às oportunidades que estão à sua frente.

É isso. Era realmente um texto curtinho.

Um abraço e até a próxima!

2(2)

Fernando Pacheco

Mineiro, animado e bom leitor. Formado em Comunicação pela PUC-MG, MBA em Gestão de Pessoas e Graduado em GRH. Head of Pre-Sales na Samba Tech, proprietário da Penser e sócio da Life. E o mais importante, padrinho do Mateus. É isso aí...