Nike Pas Cher Homme
Nike Pas Cher France
yamaha fairings
cheap motorcycle fairings
cheap jordan retro 11
cheap jordan 13
cheap jordan 7
Gestão Remota de EquipesPowered by Rock Convert

A vida em sociedade exige que o ser humano se comporte de maneira ética, uma conduta que deve ser mantida independente do ambiente em que estiver. Sendo assim, o ambiente de trabalho também está incluso, dentro do qual se observa a chamada ética profissional. Esta inclui tanto os padrões de convivência em sociedade quanto os de convivência profissional.

O mercado de trabalho valoriza os profissionais que agem conforme a ética profissional, pois ela induz a um comportamento em que há maior produtividade, credibilidade, confiança e respeito. Seguir o código de ética nas empresas contribui tanto para a corporação, como para o sucesso individual do colaborador.

Pensando na importância da ética e dos valores profissionais, preparamos um texto completo sobre o assunto. Saiba o que é ética profissional, entenda mais sobre o código de ética e descubra como desenvolver um comportamento mais ético lendo o conteúdo abaixo.

O que é ética?

Antes de entender sobre ética profissional, vamos compreender o conceito de ética. A palavra ética deriva do grego (éthos), que significa “propriedade do caráter”. Trazendo para o contexto atual, ética pode ser definida como um conjunto de princípios e valores que norteiam o comportamento em sociedade de um indivíduo.

A ética está ligada ao caráter, tratando de uma conduta interior que reflete no exterior do indivíduo. A pessoa ética age dentro dos padrões corretos e cumpre o que é exigido em sociedade sem prejudicar o próximo.

O que é ética profissional?

Quando falamos em ética profissional, estamos falando sobre um conjunto de normas, condutas e valores que orientam o comportamento e as atividades de um profissional. A conduta ética traz benefícios individuais ao colaborador, que conquista mais reconhecimento, confiança e credibilidade perante seus líderes e colegas de trabalho. Ao mesmo tempo, também contribui para a empresa, auxiliando na realização de atividades e processos internos e melhorando a produtividade, o cumprimento de metas e o clima organizacional.

O indivíduo que tem ética profissional desempenha as atividades de sua profissão e cumpre com suas exigências, seguindo princípios pré-determinados pela sociedade e pelo grupo de profissionais que representa sua profissão. 

Código de ética

De maneira geral, a ética nem sempre trata de um conjunto de leis e normas formais, obrigatórias. Contudo, quando se trata da ética profissional, normalmente, ela é regida por códigos de conduta e estatutos que são criados por conselhos de representação de classe. Estes são comumente responsáveis por fiscalizar a aplicação dos códigos de ética. 

O código de ética padroniza o exercício da profissão e as condutas que devem ser seguidas. Seu objetivo é garantir tanto a segurança dos profissionais, como da população que entra em contato com eles. Os profissionais que não respeitam os princípios estabelecidos podem ser punidos.

Embora existam elementos éticos universais, como a responsabilidade, competência e honestidade, é importante lembrar que cada profissão tem um código de ética próprio, que varia conforme a área de atuação. 

Para que os profissionais ajam conforme os valores e princípios éticos da empresa em que trabalham, também é interessante que ela tenha seu próprio código de ética, também conhecido como código de conduta ética organizacional. Ele garante o bom funcionamento dos processos de trabalho dentro da empresa e auxilia no alcance de seus objetivos estratégicos, servindo para que o comportamento dos colaboradores esteja de acordo com a postura da organização, além de facilitar a adaptação de novas contratações e servir como um manual de boa convivência.

Qual a importância da ética profissional?

Como mencionamos algumas vezes, a ética profissional permite que a empresa e o colaborador se desenvolvam. Mas, podemos dizer que a primeira vantagem de ser ético está em ter uma consciência tranquila. Saber que você age corretamente e não está prejudicando outras pessoas, no mínimo, garante um bem-estar mental e também social, algo que nada pode ocupar o lugar. 

Quem observa a ética profissional é mais valorizado pelas empresas e têm oportunidades de carreira. Além da competência técnica, valores profissionais como a honestidade, a humildade, a prudência e o respeito ao próximo são requisitos de quem consegue se destacar no trabalho e ganhar a confiança e a admiração de seus colegas e chefes.

No caso das empresas, quando há colaboradores éticos é possível garantir um ambiente mais harmonioso, com profissionais engajados, comprometidos e satisfeitos.  

Além disso, as empresas também devem agir com ética, pois sua ausência afeta negativamente sua imagem, podendo, até mesmo, gerar riscos à sua reputação. 

Como ser mais ético no trabalho

Muitos colaboradores desejam adotar uma postura mais ética, principalmente quando entendem a importância da ética profissional. Não à toa, os trabalhadores que conseguem estabelecer boas relações com seus líderes e colegas de trabalho, têm uma postura adequada e entregam resultados mais eficientes obtêm mais sucesso em suas carreiras. Contudo, não são todos os profissionais que sabem como desenvolver sua ética profissional. Sabendo disso, separamos dez dicas abaixo para ajudar os profissionais que desejam embarcar nessa jornada. Confira!

1. Seja honesto

É importante sempre falar a verdade, não dizer mentiras nem ficar omitindo questões importantes. Além disso, você também deve assumir a responsabilidade sobre os erros que cometer. Afinal, é melhor aprender com os erros do que dar desculpas ou procurar outro culpado para suas próprias falhas.

O profissional ético tem a honestidade entre suas principais características, algo que o confere mais credibilidade e confiança. Portanto, seja sempre sincero, com os outros e consigo mesmo, cumprindo as normas da empresa e respeitando seus princípios pessoais.

Powered by Rock Convert

2. Seja humilde

Outra características que está entre os valores profissionais do trabalhador ético é a humildade. Independente da posição que ocupa na hierarquia, dos conhecimentos e habilidades que possui, do tempo de empresa ou do nível em que se encontra, nenhuma pessoa é melhor do que outra. Além disso, ser humilde e flexível é indispensável para o trabalho em equipe.

Portante, seja humilde, respeitoso, cordial e evite julgamentos. Dessa maneira, você contribui para o bom convívio entre colegas no ambiente empresarial.

3. Tenha comprometimento

A responsabilidade e o comprometimento são requisitos mínimos. Por isso, mal se configuram como características a mais. Na realidade, é dever do colaborador ser responsável e comprometido. 

Assim, quando o colaborador tem ética profissional, ele cumpre seus objetivos em dia, se empenhando para buscar os melhores resultados para a empresa. Como consequência, ele contribui para o desenvolvimento de sua carreira.

Leia Mais: Entenda a importância de desenvolver a assiduidade.

4. Saiba fazer e receber críticas

Muitas pessoas não sabem receber críticas, muito menos fazê-las. Mas, se você quer crescer e se dar bem no trabalho, precisa aprender a criticar sem ofender e a interpretar as críticas que receber de maneira construtiva. Caso precise oferecer um feedback a alguém, nunca haja por impulso. Reflita antes se é realmente necessário o que vai dizer e descubra qual a melhor maneira de fazê-lo.

Se for receber uma crítica, procure extrair o melhor dela. Não leve para o lado pessoal. Encare como uma forma de encorajamento para evoluir.  

5. Não prometa se você não pode cumprir

Se você não pode entregar um resultado ou cumprir com o prazo de determinada demanda, não prometa que vai fazer. Muitas pessoas não pensam direito antes de fazer combinados. Algumas vezes, o cálculo é tão mal feito que acabam jogando suas próprias responsabilidades nas mãos de outra pessoa. 

Seja sincero e honesto com o outro e consigo mesmo para combinar entregas e prazos justos que não comprometam sua credibilidade e ética profissional.

6. Tenha prudência

A prudência é outro valor profissional que deve ser cultivado. O colaborador prudente sabe separar sua vida profissional da pessoal. Além disso, ele também sabe diferenciar as relações pessoais dos profissionais, não permitindo que suas opiniões atrapalhem a convivência com colegas de trabalho, que deve ser sempre amena e equilibrada.

Não deixe que inimizades atrapalhem seu desempenho ou interfiram negativamente em sua relação com os colegas. Priorize a realização do seu trabalho. E lembre-se de sempre respeitar a hierarquia que existe em sua empresa.

7. Guarde informações sigilosas

Existem empresas que trabalham com informações extremamente confidenciais e sigilosas. Nesses casos, geralmente, o profissional concorda em respeitar o sigilo quando assina o contrato de trabalho. Portanto, ser sigiloso e cauteloso é importante não somente para cultivar a ética profissional, mas também para manter o emprego.

8. Respeite a privacidade de seus colegas

A ética profissional também envolve o trato com o colega de trabalho. Nunca mexa no que não é seu, seja a gaveta, o computador, o material de trabalho, os objetos pessoais ou, até mesmo, a comida do seu colega de trabalho. Da mesma maneira que você deseja ter sua privacidade, o outro também precisa que a dele seja desrespeitada.

9. Reconheça o mérito do outro

Reconhecer quando um colega teve bons resultados e apresentou um desempenho acima do esperado é uma maneira de desenvolver a ética profissional. Aprenda a reconhecer o trabalho e os méritos dos outros sem esperar nada em troca. Elogios sinceros podem e devem ser usados, mas cuidado para não parecer um bajulador.

10. Evite fofocas

A última, mas não menos importante, dica parece óbvia, mas nem todas as pessoas a seguem: evitar fofocas. Lembrando que você deve não somente não fazer fofocas, julgamentos e comentários ofensivos, mas também precisa ficar bem distante deles. Mesmo as “brincadeirinhas” que aparentam ser mais inofensivas podem magoar e prejudicar pessoas.

Caso você tenha algum problema com alguém, converse com essa pessoa e esclareça a situação. E, se errar, reconheça seu erro e peça desculpas. Dessa forma, é possível conservar o bom clima no ambiente de trabalho. 

Conclusão

A ética profissional é um requisito cada vez mais indispensável, valorizado e buscado no mercado de trabalho. Portanto, o profissional que deseja se destacar precisa aprender a desenvolver a ética profissional.

Se você deseja alcançar seus objetivos profissionais e desenvolver sua ética, clique na imagem abaixo e fale gratuitamente com um de nossos consultores especialistas!

consultoria de carreira personalizada

César Curi

César Romano é apaixonado pelo desenvolvimento humano. Inspira e planeja a prosperidade de pessoas e empresas. Formado em comunicação e marketing pela PUC e especialista em gestão de pessoas.

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Nike Pas Cher Homme
Nike Pas Cher France
yamaha fairings
cheap motorcycle fairings
cheap jordan retro 11
cheap jordan 13
cheap jordan 7