Nike Pas Cher Homme
Nike Pas Cher France
yamaha fairings
cheap motorcycle fairings
cheap jordan retro 11
cheap jordan 13
cheap jordan 7
lider pela primeira vezPowered by Rock Convert

Existem várias maneiras de se comunicar. Não se trata somente de palavras; o próprio ato de não dizer nada, por exemplo, já é considerado uma forma de comunicação. Uma maneira de se comunicar, mesmo que automaticamente, é por meio da linguagem corporal.

Talvez você já tenha ouvido a famosa frase: “uma imagem vale mais do que mil palavras”. A verdade é que, enquanto falamos, as palavras não são a única forma de comunicação. Nossa postura, movimentos, tom de voz e trejeitos também comunicam e revelam como estamos nos sentindo verdadeiramente naquele momento.

Alguns gestos são fáceis de perceber, outros passam mais despercebidos. Há pessoas que se comunicam melhor com seus gestos, outras que não conseguem se sair muito bem nesse quesito. Ainda há aqueles que sabem reconhecer, entender e interpretar os gestos de uma pessoa, enquanto outros nem fazem ideia de que é possível compreender o outro dessa forma.  

Se você quer entender mais sobre linguagem corporal para saber como melhorar a sua e como interpretar a linguagem dos outros, continue acompanhando este artigo.

O que é linguagem corporal?

A linguagem corporal é um tipo de comunicação não-verbal. Ela está presente, principalmente, em nossos gestos, postura, expressões faciais, movimentação dos olhos e, até mesmo, no quão próximo está o locutor do interlocutor.

Charles Darwin foi responsável por dar início aos primeiros estudos científicos sobre linguagem corporal. Ele publicou suas descobertas no livro “A expressão das emoções em homens e animais”. Conforme Darwin acreditava, os mamíferos demonstravam o que estavam sentindo por meio de expressões faciais. 

A linguagem corporal está entre as primeiras formas que o ser humano encontrou de se comunicar e até hoje é uma maneira interessante e bastante expressiva de comunicação. A realidade é que, em uma conversa, por exemplo, muitas coisas comunicam o tempo todo.

Por meio da linguagem corporal, é possível identificar, muitas vezes, o que uma mensagem realmente quer dizer, mesmo que a pessoa esteja dizendo outra coisa. Contudo, também podemos acabar transmitindo a mensagem errada por meio de uma linguagem corporal equivocada.

Pode parecer algo simples, mas entender sobre linguagem corporal não é tão fácil assim. É necessário certo estudo e preparo prévio para conseguir interpretar o que o outro quer dizer por meio de seus gestos, assim como para desenvolver uma linguagem corporal correta.

Por que a linguagem corporal é importante?

Quando falamos uma ironia, por exemplo, tendemos a revirar os olhos ou mudar o tom de voz. Isso indica que, mesmo que o que estejamos falando pareça verdadeiro, por meio de nossa linguagem corporal, é possível perceber que se trata de uma ironia. Consegue perceber como a linguagem corporal é importante para nossa comunicação? 

Muito do que comunicamos é percebido não só pelas palavras, mas também pelo tom de voz e pelos gestos.

Quais são os tipos de linguagem corporal?

De maneira técnica, a comunicação não-verbal é caracterizada da seguinte forma:

  • Características físicas: aparência e a forma do corpo;
  • Cinésica: gestos, movimentos e expressões faciais;
  • Paralinguagem: recursos que modificam o som da voz;
  • Proxêmica: a maneira como se usa o espaço físico;
  • Tacêsica: toque.

Malefícios da linguagem corporal negativa

Como vimos mais acima, a linguagem corporal tem um peso muito grande em nossa comunicação. Por isso, ela pode comunicar tanto de maneira positiva, como de maneira negativa. E uma linguagem corporal negativa pode dar a impressão de fraqueza.

Confira os exemplos de linguagem corporal abaixo para entender melhor:

Deixar as mãos bem próximas à boca

Colocar a mão na boca enquanto se está falando, geralmente, indica que a pessoa está mentindo. Mas esse não é o único gesto que demonstra uma mentira. Quem mente também pode passar a mão nos lábios, tocar o queixo ou colocar objetos próximos à boca.

Esse tipo de atitude é uma tentativa de tirar o foco da outra pessoa daquilo que se está falando, pois, dessa forma, é mais fácil convencê-la.

Testa contraída

Contrair ou franzir a testa é sinal de tensão, nervosismo ou dúvida. Este sinal é interpretado como negativo pelo interlocutor, o que pode acabar fazendo com que ele se afaste. Em uma reunião de trabalho, por exemplo, cuide para não adotar essa atitude, a não ser que seja realmente necessário.

Olhar sem foco

Nosso contato visual, ou seja, o olhar, é uma de nossas partes mais expressivas. Ele comunica tanto que, mesmo que você não conheça quase nada sobre linguagem corporal, já consegue perceber pelo olhar de uma pessoa se ela está triste ou feliz.

Mas você sabe o que significa o olhar sem foco? Para entendê-lo, é preciso saber para qual direção aponta. Se for para cima e para a direita, pode ser indício de confusão, como se a pessoa estivesse buscando por uma imagem mental ao desviar os olhos. Essa atitude, no entanto, pode passar a impressão de insegurança quanto ao que está sendo dito. Ao apresentar uma ideia em uma reunião ou ao falar em público, por exemplo, cuide para manter contato visual fixo nos interlocutores, para que eles sintam segurança em suas palavras.

Powered by Rock Convert

O olhar para cima é característico de irritação e desprezo (aquele clássico revirar de olhos que bem conhecemos).

Lábios cerrados

Manter os lábios comprimidos, cerrados, indica que você está evitando dizer aquilo que realmente pensa. Isso pode significar, por exemplo, que você não quer responder uma pergunta que foi feita a você. 

O maxilar cerrado também é um tipo de linguagem corporal, que representa um sinal de estresse. Se a pessoa estiver com o maxilar cerrado, provavelmente, está desconfortável de alguma forma.

Cruzar os braços

O ato de cruzar os braços ou, até mesmo, as pernas, denota rejeição ao momento ou irritabilidade. Além disso, o gesto também pode criar uma espécie de barreira física, como se houvesse pouca ou nenhuma abertura para ouvir o que está sendo dito.

Lembre-se que, geralmente, cruzar os braços não é algo intencional. Na realidade, é muito comum que o discurso não verbal seja automático, sem que tenhamos muito controle. Mas, se você quiser conseguir melhores resultados ao passar uma mensagem e em relação à maneira como as pessoas o enxergam, atente-se para o próximo assunto.

Como desenvolver uma linguagem corporal positiva e comunicar confiança?

Você acabou de ver apenas alguns exemplos de sinais negativos que podemos emitir para outras pessoas. Então, chegou a hora de aprender os sinais positivos, que podem passar uma boa impressão na hora de se comunicar. 

Aperto de mão dominante

Uma bom aperto de mão – que é suficientemente forte para demonstrar confiança, mas não o bastante para deixar a outra pessoa constrangida – pode deixar uma ótima impressão inicial! Por isso, sempre que você encontrar alguém em uma situação que exige um aperto de mão, como iniciar uma conversa com um cliente, fechar negócios ou cumprimentar investidores, por exemplo, use o recurso do aperto de mão dominante para demonstrar confiança e segurança. Um aperto de mão firme pode demonstrar, ainda, que é você quem domina aquela conversa.

Além disso, também há diferença entre a palma da mão voltada para baixo e a palma da mão voltada para baixo. O primeiro caso é escolhido por quem quer tomar a frente e se colocar como líder daquela discussão, demonstrando poder. Já o segundo é para quem quer demonstrar espaço para um diálogo aberto.

Adotar uma postura neutra

A postura de uma pessoa tem muito a dizer sobre ela. Lembra que cruzar os braços ou as pernas indica que se está fechado para o assunto em questão? De maneira contrária, uma pessoa que está com as costas eretas e as mãos ao lado do corpo passa a mensagem de abertura.

Uma maneira de ir além nesse sentido é observar e tentar repetir os mesmos gestos de quem está falando com você, pois assim você demonstra simpatia e melhora sua comunicação.

Olhar nos olhos das pessoas

Manter um contato visual adequado pode fazer toda a diferença na maneira como as pessoas lhe enxergam. Nem sempre é fácil olhar fixamente nos olhos da outra pessoa. Mas essa é a melhor maneira de transmitir autoridade e demonstrar comando.

Quando você estiver apresentando uma nova ideia, ou buscando aceitação, também pode ser interessante direcionar alguns olhares ao rosto da pessoa. Isso vai demonstrar que você está seguro em relação ao que está dizendo.

Falar com calma

O tom de voz que empregamos em uma fala interfere diretamente na mensagem que pretendemos transmitir. 

A dica para quem quer desenvolver uma boa linguagem corporal, é articular bem cada palavra que disser, sem se esquecer de respirar corretamente. Se você acelera mais o ritmo, por exemplo, tende a perder a linha de raciocínio e a perder o fôlego. Por isso, procure manter a tranquilidade enquanto fala, mesmo se estiver diante de uma situação tensa ou estressante. Uma fala calma e tranquila demonstra que a pessoa domina o assunto, atribuindo mais credibilidade e confiança.

Manter um ritmo constante de respiração

Nem é preciso entender muito sobre linguagem corporal para saber que uma respiração ofegante denota nervosismo. Por isso, é importante manter o ritmo e controlar sua respiração. Para facilitar, você pode fazer alguns exercícios, como inspirar e expirar calmamente. Além de melhorar sua comunicação, isso também auxilia a controlar a ansiedade.

Dicas extras para analisar a linguagem corporal de uma pessoa

Considere o contexto

Assim como o contexto deve ser levado em conta em relação àquilo que falamos, também deve ser considerado no momento de ler gestos e trejeitos. Já percebeu como uma frase fora do momento em que foi dita pode ter um significado completamente diferente em outro contexto? Com a linguagem corporal acontece de forma semelhante. Às vezes, o fato de uma pessoa cerrar os lábios quando está rodeada de amigos pode não significar que ela está tentando esconder algo, mas, sim, que está tentando não magoar alguém, por exemplo. Portanto, nunca se esqueça de considerar o contexto.

Analise a interação em sua totalidade

Se você se apegar apenas aos detalhes individualmente corre o risco de fazer uma interpretação equivocada. Para conseguir, de fato, compreender o que está sendo revelado pela linguagem corporal é necessário analisar todo o cenário.


Conclusão

Se você chegou até aqui, pôde perceber o quanto a linguagem corporal está presente em nosso cotidiano. Mas, embora pareça simples e constante, a linguagem corporal que adotamos pode influenciar nossas vidas significativamente.

Agora que você conhece alguns conceitos e significados da linguagem corporal, que tal empregar uma linguagem mais positiva? Aproveite para compartilhar este post e ajudar também quem precisa aprender mais sobre o assunto.

https://penser.com.br/fale-com-um-consultor-carreira/

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Nike Pas Cher Homme
Nike Pas Cher France
yamaha fairings
cheap motorcycle fairings
cheap jordan retro 11
cheap jordan 13
cheap jordan 7