Nike Pas Cher Homme
Nike Pas Cher France
yamaha fairings
cheap motorcycle fairings
cheap jordan retro 11
cheap jordan 13
cheap jordan 7

O ano de 2021 chegou. O ano anterior, 2020, causou mudanças significativas no mundo e é provável que 2021 continue provocando mudanças. Com o mercado de trabalho não foi diferente. Muita coisa mudou e tivemos que nos adequar ao novo normal. Diante disso, fica a pergunta: quais as tendências do mercado de trabalho em 2021? O que vai mudar nos modelos de trabalho e no que conhecemos hoje? 

Sabemos da importância de ficar por dentro das tendências e novidades. Por isso, preparamos um texto com as principais previsões para o mercado de trabalho em 2021. Se quiser ficar por dentro e se preparar para atender as novas exigências, continue lendo este post!

As sete principais tendências do mercado de trabalho

É extremamente comum que, com o tempo, as coisas mudem no mercado de trabalho. Contudo, nos últimos tempos, as mudanças têm sido cada vez mais comuns, frequentes e intensas. A tecnologia e o rápido desenvolvimento aceleram as transformações no mercado e nos modelos de trabalho. E é importante que tanto empresas como colaboradores estejam por dentro das tendências do mercado de trabalho, especialmente o que espera o mercado de trabalho em 2021.

Sabendo disso, separamos abaixo sete das principais tendências que devem impactar o mercado. Confira:

1) Home office

A pandemia causou e ainda vem causando uma série de mudanças em todo o mundo, inclusive no mercado e nos modelos de trabalho. Uma das principais mudanças foi a intensificação do home office que, apesar de já conhecido, passou a ser utilizado com muito mais força. A pandemia serviu para mostrar à muitas empresas que o trabalho remoto pode não somente ser um ganho, mas uma solução.

O home office faz parte da ideia de “novo normal” trazida pela pandemia, se consolidando como uma grande tendência do mercado de trabalho em 2021 e nos próximos anos. A tendência é que os modelos de trabalho sejam baseados somente no home office ou em uma mescla entre trabalho remoto e presencial.

Leia Mais: Acesse nosso guia completo sobre como trabalhar em home office com mais eficiência e produtividade.

2) Mercado mais concorrido

Outra tendência do mercado de trabalho, também atenuada pela pandemia, é a competição e concorrência acirradas. Muitos trabalhadores perderam seus empregos. Também, as vagas e a disponibilidade de empresas diminuíram. Tudo isso contribuiu para aumentar a concorrência. 

Além disso, a seleção agora é mais criteriosa. Devido ao fato de o home office ocupar uma posição de destaque nos modelos de trabalho, um candidato poderá concorrer com outro que mora bem distante. Sendo assim, os critérios de seleção mudam, preocupando-se mais com experiência e conhecimento técnico, e menos com questões como proximidade do candidato com o local de trabalho.

Por isso, quem deseja concorrer a uma vaga no mercado de trabalho em 2021 precisa estar ciente dessa tendência, preparando-se para o que está por vir. É importante que o candidato se adeque ao novo normal e às novas exigências pós pandemia, mas sempre lembrando que a escassez de oportunidades é uma fase normal, a qual todos estão experimentando.

3) Horários flexíveis

A tradicional jornada de trabalho de oito horas pode ser extinta, estendendo ou diminuindo a carga horária dependendo da demanda e da disponibilidade do profissional. Muitos vão precisar e preferir estender sua jornada em um dia, enquanto outros vão diminuir e dividir o tempo entre os dias da semana.

Vale ressaltar que os horários já estão mais flexíveis. Em vez de estabelecer o horário de 9h às 18h, por exemplo, a empresa pode permitir ao funcionário fazer seu próprio horário, contanto que cumpra com a carga exigida no dia, na semana ou no mês.

O profissional do futuro, pertencente, em sua maioria, às gerações Y e Z, tende a valorizar cargas menores e horários flexíveis, respeitando a qualidade de vida e o tempo individual.

4) Mudanças de empresa

Outra característica das gerações Y e Z é a mudança constante de empresas. Diferente das gerações passadas, os jovens tendem a buscar empresas e negócios que agradem seu perfil, mesmo que isso signifique um salário menor. Assim, a troca de empregos será cada vez mais natural e frequente. Por esse motivo, as empresas que desejam reter talentos precisam atrair seus colaboradores e investir em seu potencial.

5) Alto uso da tecnologia

Atualmente, é praticamente impossível se desviar da tecnologia. E uma das tendências do mercado de trabalho mais fortes é o uso constante da tecnologia, equilibrando trabalho humano e automação, offline e online, físico e virtual. Devido a isso, a procura por profissionais que saibam lidar com essa realidade será ainda maior. Daí a importância de se adaptar à realidade tecnológica, aprender constantemente e ficar por dentro das novidades.

6) Life long learning (educação continuada)

Com a concorrência aumentando e a dinâmica mudando constantemente, os candidatos que desejam se destacar podem – e devem – aplicar a educação continuada. Uma vez concluído um curso ou graduação, não significa que o aprendizado para por aí. O mercado de trabalho valoriza quem investe na educação continuada e prossegue com o aprendizado, tornando-se um fator decisivo para manter a relevância de profissionais no mercado. Além disso, muito do que aprendemos e sabemos hoje pode tornar-se obsoleto em pouco tempo. Há vários motivos para nunca deixar de aprender!

7) LinkedIn

As tendências do mercado de trabalho em 2021 não se destinam apenas aos modelos de trabalho; o novo normal também envolve o processo seletivo. Antes, a seleção e recrutamento de candidatos envolvia a análise de currículos físicos e entrevistas pessoalmente. Hoje, currículos e portfólios online tomaram espaço, e as entrevistas por vídeo chamada são constantes. Nesse sentido, o LinkedIn tem muita relevância, pois diversos recrutadores analisam os perfis de candidatos na rede social. Lembrando que muitas empresas analisam todas as redes sociais do candidato, não somente o LinkedIn. Contudo, essa rede social corporativa e de negócios auxilia em outros aspectos além da análise de um recrutador, como conexões, contato com colegas, contato com empresas e aumento da percepção e relevância no mercado – o networking deve ser constante.

Carreiras que são tendências do mercado de trabalho

Os avanços da tecnologia e nas demandas do mercado vão modificar os modelos de trabalho e as profissões, diminuindo ou eliminando umas, aumentando e criando outras. Confira as carreiras que serão destaque no mercado de trabalho em 2021 e nos próximos anos:

  • Gerente de marca;
  • Gerente de contas;
  • Enfermeiro;
  • Desenvolvedor;
  • Especialistas em experiência de usuário/cliente;
  • Digital influencers;
  • Professor online;
  • Coaching;
  • Profissional de marketing digital;
  • Engenheiro ambiental e hospitalar;
  • Arquiteto e Engenheiro 3D;
  • Consultor de imagem;
  • Geneticista;
  • Representante de vendas internas; 
  • Especialista em e-commerce;
  • Profissionais de saúde mental;
  • Gestor financeiro;
  • Social media.

Em resumo, as áreas de maior destaque são:

  • Marketing;
  • Negócios;
  • Saúde;
  • Tecnologia.

Habilidades em destaque

Além das tendências do mercado de trabalho listadas acima, determinadas habilidades recebem mais destaque. Entre as habilidades com mais relevância estão as competências socioemocionais, também conhecidas como soft skills. Tais habilidades estão relacionadas à questões comportamentais e à capacidade de comunicação. Além disso, as hard skills, ou seja, habilidades técnicas, também ocupam lugar de destaque.

Outras habilidades que fazem parte das tendências do mercado de trabalho são a criatividade e a colaboração. Pessoas criativas, que pensam “fora da caixa” e encontram soluções em momentos de tensão recebem maior destaque, assim como aqueles que desenvolvem a colaboração e a capacidade de trabalhar em equipe. 

Agilidade, persuasão, adaptabilidade, visão analítica e inteligência emocional também são diferenciais bastante requisitados.

10 dicas para se preparar para as tendências do mercado de trabalho em 2021

  1. Saiba quais são seus planos e objetivos; 
  2. Esteja em busca de atingir resultados;
  3. Quando enfrentar um problema ou dificuldade, use a situação para autoconhecimento. Perceba como você age diante do problema e tente pensar em soluções que, normalmente, não cogitaria;
  4. Faça networking e fortaleça sua rede de contatos;
  5. Se você estiver começando na carreira, abrace as oportunidades que tiver, independente da remuneração;
  6. Busque capacitação e invista em educação continuada, como mencionado acima;
  7. Faça uma análise SWOT (FOFA) de tempos em tempos para medir seu progresso;
  8. Procure inspirações, próximas e distantes de você. E, se possível, peça conselhos;
  9. Não deixe de acompanhar as mudanças no mercado de trabalho. Elas são frenéticas, por isso, atenção! Mantenha-se sempre informado;
  10. Fique atento às oportunidades que o mercado oferece. Às vezes, a oportunidade está à sua frente e você não percebe.

Leia Mais: Descubra como montar uma matriz SWOT e aplicar à sua carreira e vida pessoal

Conclusão

O mercado de trabalho em 2021 reserva oportunidades e desafios, e todos podem se preparar para enfrentar o que está por vir. Por isso, é importante estar sempre atento às tendências do mercado de trabalho e à dinâmica que muda constantemente.

E, se você quiser descobrir outras formas de se preparar e receber uma posição de destaque no mercado, confira nosso ebook com 15 dicas para transformar sua carreira! Clique na imagem abaixo e acesse gratuitamente nosso material!

impulsionar sua carreira

César Curi

César Romano é apaixonado pelo desenvolvimento humano. Inspira e planeja a prosperidade de pessoas e empresas. Formado em comunicação e marketing pela PUC e especialista em gestão de pessoas.
Fechar Menu
Nike Pas Cher Homme
Nike Pas Cher France
yamaha fairings
cheap motorcycle fairings
cheap jordan retro 11
cheap jordan 13
cheap jordan 7