Você já ouviu falar sobre o teste MBTI? Seja na sua vida profissional, seja na vida pessoal, existe a necessidade de se conhecer para que você possa alcançar os seus objetivos, ser bem-sucedido e conseguir até mesmo alcançar uma vaga em uma empresa que se adéqua ao seu perfil e conta com os valores que considera importantes na sua carreira.

Inclusive, grande parte das empresas utilizam essa ferramenta para identificar distintas personalidades entre colaboradores, de modo que haja contratações mais efetivas e reduzam a sua taxa de turnover.

Pensando nisso, elaboramos este material para que você saiba mais detalhes sobre o que é o teste MBTI, quais são as personalidades identificadas e o que pode ser útil para a sua vida pessoal e profissional. Continue a leitura e saiba mais!

Entenda o que é o teste MBTI

Primeiro, vamos entender o que é o teste MBTI e quais são as suas principais características. Foi criado em 1943 pelas psicólogas Isabel Briggs Myers e Katharina Cooks Briggs (de onde surgiu o seu nome). Trata-se de um teste de personalidade muito utilizado para identificar qual é o tipo psicológico de uma pessoa.

Conforme mencionamos, é uma ferramenta bastante utilizada pelas empresas em seus processos seletivos. Pode ser estruturado como uma espécie de questionário, com muitas alternativas que vão refletir os estudos nos quais o método se baseia.

Entre os pontos de destaque que comprovam o quanto a ferramenta é útil, ressaltamos:

  • a possibilidade de traçar planos para o futuro em sua carreira, principalmente para as pessoas que ainda estão um pouco perdidas com as suas oportunidades;
  • entender qual é a sua carreira ideal; entre outros.

Saiba como funciona o teste MBTI

Agora que você já sabe do que se trata o teste MBTI, chegou o momento de entendermos como a metodologia funciona. Ela é aplicada para as pessoas a partir de um questionário, que pode ser tanto digital quanto impresso. As perguntas são respondidas de acordo com uma escala, em que o colaborador ou a pessoa interessada responde entre concordo totalmente e discordo totalmente, passando por concordo em partes, indiferente e discordo em partes.

Depois que a pessoa preenche essas informações, um relatório será gerado com as informações mais detalhadas sobre o tipo psicológico do profissional. Nele, há a oportunidade de identificar comportamento, preferências, tendências, entre outros.

Existem 4 dimensões do teste MBTI e duas possíveis formas de classificar cada uma delas. A seguir, a gente explica quais são elas. Confira!

1. Fonte de energia

No caso da fonte de energia, há a oportunidade de identificar se a pessoa é extrovertida ou introvertida. No primeiro contexto, trata-se de um indivíduo que se sente energizado a partir da interação que ele tem entre as pessoas. Porém, costumam com frequência agir antes de pensar.

Já os introvertidos não contam com a mesma energia com a relação entre as pessoas. Optam por atividades mais solitárias e refletem bastante antes de tomar qualquer decisão. Se houver a necessidade de definir uma estratégia para um projeto, por exemplo, gosta de planejar sozinho e é bem cauteloso no momento de definir cada uma das fases dessa ação.

2. Modo de perceber o mundo

No modo de perceber o mundo, há pessoas que são sensoriais e também há pessoas que são intuitivas. No primeiro caso, o profissional vai sempre se basear no concreto. “O que eu realmente posso ver e perceber a partir disso antes de tomar alguma decisão?”.

O intuitivo, como o próprio nome já diz, prefere se apegar a algo mais abstrato. Ou seja, se apegam a algo mais simbólico e inatingível.

3. Maneira de avaliação, julgamento, organização e decisão

Na dimensão que se relaciona à maneira de avaliar, julgar, organizar e decidir, temos os racionalistas e os sentimentais. No caso dos racionalistas, temos pessoas mais concisas, que normalmente atuam de forma mais objetiva e lógica. Se precisar argumentar em relação a qualquer assunto, vai buscar sempre pelo racional.

No caso dos sentimentais, é comum se basearem em critérios mais subjetivos, com valores e preferências. Sendo assim, vão levar em consideração algumas necessidades humanas e sempre decidir “com o coração”.

4. Estilo de vida

Por fim, quando mencionamos sobre estilo de vida, temos ainda os Julgadores e os Perceptivos. No caso dos julgadores, são as pessoas mais decisivas. Em um ambiente de trabalho, elas buscam seguir regras mais claras, entender exatamente o que deve ser feito em diferentes contextos e, por essa razão, têm muita tranquilidade para as tomadas de decisão.

Já os Perceptivos gostam mais da liberdade e de improvisações. Em um projeto, não sabem muito bem em qual direção devem seguir e não se orientam com processos pré-estabelecidos.

Preferem seguir o instinto. Isso também vale para o lado pessoal. Sentem muito mais liberdade se tiver várias opções em aberto. Em uma viagem, por exemplo, não se planejam e seguem diferentes rumos, de acordo com o que for sendo encaminhado.

Conheça as personalidades do teste MBTI

São 16 personalidades do teste MBTI que vamos explicar de forma breve. Para começar, elas são divididas entre 4 principais grupos: analistas, diplomatas, sentinelas e exploradores.

1. Analistas

Na personalidade dos analistas, temos:

  • arquiteto — no caso dos arquitetos, há pessoas com alta criatividade, que são estrategistas e gostam de traçar um plano para tudo. Ou seja, independentemente do lado pessoal ou do profissional, vão fazer diferentes estudos e definir regras claras para alcançar o seu propósito;
  • lógico — já as pessoas lógicas, apesar de também serem criativas, são mais inventivas. Essas pessoas não se acomodam com as informações que têm e buscam continuamente descobrirem novas questões, invenções e demais atividades que de alguma forma possam beneficiar a sociedade como um todo;
  • comandante — a personalidade comandante se refere a pessoas carismáticas e enérgicas. Assim como as pessoas lógicas, prezam muito pela racionalidade;
  • inovador — pessoas inovadoras têm características que são extremamente necessárias para que possam exercer o que mais gosta: buscar sempre por desafios. Por essa razão, costumam ser espertas e curiosas nos mais diferentes aspectos.

2. Diplomatas

Em uma personalidade mais diplomata, temos algumas características interessantes, como:

  • advogado — advogados são mais místicos e idealistas. Têm opiniões fortes. Ou seja, se você tem uma argumentação diferente da dele, dificilmente vai conseguir provar o contrário. A não ser que você traga dados extremamente precisos. São positivos e também considerados uma das mais raras personalidades do mundo;
  • mediador — no caso do mediador, temos pessoas que são mais retraídas e tímidas. Porém, essas características não impedem que elas sejam idealistas. Buscam continuamente enxergar o melhor lado de cada contexto. Enquanto o advogado tem uma opinião forte, o mediador vai buscar analisar quais argumentos melhor se encaixam para aquela situação, buscando o famoso “meio termo”;
  • protagonista — quando analisamos a personalidade de protagonista, temos pessoas que são muito capazes de inspirar a sua audiência. Por essa razão, são boas comunicadoras e confiam muito nas outras pessoas;
  • ativista — pessoas ativistas são muito sociáveis, criativas e entusiastas. Além disso, são consideradas por muitos pessoas de “espíritos livres”.

3. Sentinelas

Chegamos às pessoas sentinelas. Temos algumas características muito fortes relacionadas a elas, que explicaremos a seguir:

  • logístico — pessoas logísticas são extremamente práticas e dedicadas. Normalmente, não têm muita paciência para as indecisões. Portanto, se você não sabe para qual caminho seguir em um projeto ou tem dificuldades de tomar uma decisão, pode ter certeza que isso irritará bastante o seu colega;
  • defensor — como o próprio nome já diz, as pessoas defensoras são acolhedoras, protetoras e tudo o que fazem utilizam de muita bondade e generosidade em suas ações;
  • executivo — as pessoas executivas são boas administradoras e gestoras. Ou seja, para um perfil de liderança, certamente a empresa que realiza um processo seletivo vai analisar se o candidato conta com essa característica;
  • cônsul — as pessoas que são consideradas cônsul são mais atenciosas. Além disso, destaca-se o fato de que são muito sociáveis e, consequentemente, populares. Normalmente, estão sempre dispostas a fornecerem ajuda, independentemente de estarem ou não ao seu alcance.

4. Exploradores

Por fim, temos os exploradores, cujas principais características vão apresentar a seguir:

  • virtuoso — no caso das pessoas virtuosas, temos indivíduos com características mais práticas e ousadas, que utilizam diferentes ferramentas para que possam criar e trazerem novidades para as suas atividades;
  • aventureiro — a pessoa aventureira gosta muito de explorar, seja qual for a atividade. Além disso, ela vai frequentemente contestar padrões tradicionais;
  • empresário — o empresário conta com característica inteligente e enérgica. Tem uma percepção mais aguçada e gosta sempre de arriscar, seja qual for o contexto;
  • animador — os animadores são mais espontâneos e buscam sempre encorajar as outras pessoas. Por essa razão, são mais sociáveis.

Neste conteúdo, você pôde entender o que é o teste MBTI, quais são as suas características, além de conferir os principais perfis. Identificá-los em você pode não ser uma tarefa fácil. Por essa razão, é importante que conte com uma mentoria que possa entender o seu perfil, conhecer os seus objetivos, analisar quais são os tópicos que você considera importante, entre outras atividades que auxiliarão no desenvolvimento de seu perfil.

Se você deseja conhecer um pouco mais sobre isso, não deixe de entrar em contato com os nossos profissionais e entender um pouco mais sobre a Penser. Certamente teremos a oportunidade de bater um papo sobre a sua carreira e de entender como o seu perfil pode auxiliá-lo a crescer e a se desenvolver nos mais diferentes aspectos da vida pessoal e profissional.

 

Deixe um comentário